Polícia

Mais de 2 mil veículos foram abordados em operação da PM com helicóptero

Nove pessoas foram detidas

Renata Portela Publicado em 29/10/2015, às 13h09

None
helicoptero.jpg

Nove pessoas foram detidas

Durante a Operação Cidade Tranquila VII, mais de 2.016 veículos foram abordados em Campo Grande. A operação foi realizada pela PM (Polícia Militar) e CGPQ (Coordenadoria Geral de Policiamento Aéreo) da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública). Foram feitos bloqueios policiais em 12 bairros da Capital.

A operação tinha como foco a prevenção de crimes contra a vida e o patrimônio. A ação foi comandada pelo CPM (Comando de Policiamento Metropolitano da Polícia Militar) e um helicóptero da CGPA foi utilizado. Além disso, participaram da operação 40 viaturas de 300 policiais.

Os bloqueios policiais foram feitos nos bairros que, segundo a Sejusp, apontam maior incidência de delitos. De acordo com o balanço divulgado na manhã desta quinta-feira, 2.880 pessoas foram abordadas, sendo 6 foragidos da justiça. Ao todo, 9 suspeitos que haviam acabado de cometer algum tipo de delito foram encaminhados para as delegacias de Campo Grande.

Dos 2.016 veículos abordados, 92 apresentaram irregularidade e foram removidos ao pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Além disso, foram recolhidos 84 documentos e lavrados 185 autos de infração. De acordo com o coronel Francisco Assis Ovelar, comandante do CPM, a Polícia Militar continuará realizando uma série de operações de saturação. “Essas ações tem por finalidade a redução dos crimes nas regiões apontadas como mais problemáticas e levar a paz e a tranquilidade para todos os campo-grandenses”, explica Ovelar.

Jornal Midiamax