Polícia

Jovem é preso com arma e por matar aves Aracuã-do-pantanal

O caçador responderá por crime ambiental

Diego Alves Publicado em 27/06/2015, às 02h38

None
dsc_6272ass.jpg

O caçador responderá por crime ambiental

Um jovem de 27 anos, foi preso por matar duas aves Aracuã-do-pantanal, na tarde desta sexta-feira (26), na Chácara Primavera em Porto Murtinho, 378 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, era feita patrulhamento terrestre no local, quando o autor foi avistado.

Ao ser perguntado o que ele havia jogado no chão, o homem de 27 anos, disse que se tratava de uma espingarda e duas aves da espécie aracuã. O autor, arma e as aves foram levadas para a delegacia da cidade. O caçador responderá por crime ambiental.

Aracuã-do-pantanal

O Aracuã-do-pantanal é uma ave galliforme da família Cracidae, que mede de 50 a 56 cm de comprimento e pesa de 480 a 600 gramas, sendo a maior espécie do gênero Ortalis. A ave tem a testa negra, cabeça e nuca cinzas além da pele do olho vermelha.

A característica mais marcante na plumagem é a cauda, longa, onde destacam-se as penas laterais marrom avermelhadas, contrastando com o cinza escuro das demais. O aracuã vive tanto no solo, quanto nas árvores e alimenta-se de folhas, frutos, sementes e flores, além de lagartas.

Jornal Midiamax