Polícia

Irmãos se apresentam à polícia e confessam que mataram padrasto com 20 facadas

Crime aconteceu no último sábado, no Bairro Almeida Lima, em Campo Grande

Wendy Tonhati Publicado em 10/02/2015, às 20h17

None
img-20150210-wa0098_-_copiar.jpg

Crime aconteceu no último sábado, no Bairro Almeida Lima, em Campo Grande

Dois irmãos, de 16 e 19 anos, se apresentaram à Polícia Civil e confessaram o assassinato de Daniel Augusto Martinês de Almeida, de 27 anos, no último sábado (7), em Campo Grande. A vítima era padrasto dos dois e eles alegaram que mataram Fernandes após a mãe deles expulsá-lo de casa.

O crime aconteceu na Avenida Engenheiro Amélio Carvalho Baís, no Bairro Almeida Lima. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Geraldo Marin Barbosa, da 7ª Delegacia de Polícia Civil, ainda é investigado se o crime foi premeditado ou se os dois agiram a pedido da mãe, já que os dois irmãos portavam facas no momento do crime.  

O mais velho, Wellython da Silva Fernandes, de 19 anos, que estava foragido da Colônia Penal Agrícola pelo crime de roubo, contou que as facas utilizadas no assassinato eram facas usadas em um terreiro para representação de rituais. Ele disse que não convivia com o padrasto, mas que as brigas dele [da vítima] com a mãe eram frequentes. O mais novo, de 16 anos, também se apresentou e será encaminhado para a Deaij (Delegacia Especializada em Atendimento à Infância e à Juventude).

Conforme Barbosa, no dia do crime, a mãe expulsou o marido de casa, pois as brigas entre os dois eram frequentes. Os dois envolvidos relataram que o padrasto foi para um bar e afirmou que não ia embora da casa. Pouco antes do homicídio, a mulher também esteve no bar, ficou em uma mesa separada do marido e até discutiu com a proprietária do estabelecimento.

Os dois irmãos atacaram a vítima e deram cerca de 20 facadas. Eles fugiram e a polícia apurou no local que os suspeitos eram pessoas ligadas à mulher. Ela prestou depoimento e negou que ela ou os filhos tenham premeditado o crime. Depois, os dois suspeitos se apresentaram à autoridade policial e levaram as facas utilizadas no homicídio.

A vítima e os dois suspeitos já tinham passagem pela polícia pelo crime de roubo. Os irmãos serão indiciados por homicídio qualificado. 

Jornal Midiamax