Polícia

Homem é preso com arma e munições logo após caçar e carnear veado

A carne do animal foi apreendida

Renata Portela Publicado em 05/11/2015, às 11h15

None
delegacia_tres_lagoas.jpg

A carne do animal foi apreendida

Na tarde de quarta-feira (4), por volta das 16 horas, Aparecido de Campos, de 46 anos, foi preso em flagrante por caça de animal silvestre e porte ilegal de arma. Ele foi detido pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas, cidade a 338 quilômetros da Capital.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a equipe de militares da PMA fazia rondas pelo distrito de Arapuá, quando abordou um veículo em atitude suspeita. De acordo com o registro policial, durante a abordagem os policiais encontraram uma espingarda calibre .38 enrolada em um lençol.

Ainda durante a vistoria, também foram encontrados no automóvel uma sacola com 12 munições intactas calibre .357. Aparecido informou que estava acampando e que havia caçado e matado um veado. Os policiais militares foram até o local e encontraram uma barraca armada no meio da mata, além de uma caixa térmica com a carne do animal.

A arma e as munições foram apreendidas e entregues na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas e a carne do animal levada para o Batalhão da PMA. O caso foi registrado como posse ou porte de arma de fogo de uso restrito e matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

Jornal Midiamax