Polícia

Golpe do falso frete: homem é amarrado e feito refém por ladrões na Capital

Os criminosos queriam roubar o caminhão do fretista

Midiamax Publicado em 30/09/2015, às 11h44

None
depac_piratininga_-_cleber_gellio_6.jpg

Os criminosos queriam roubar o caminhão do fretista

Homem de 54 anos foi feito refém depois de cair no golpe do falso frete na noite desta terça-feira (29) no Jardim Joquei Club, região sul de Campo Grande. Ele foi amarrado pelos criminosos que tentaram levar o caminhão.

Segundo o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, Hoffman D’Ávila Cândido e Sousa, a mulher do fretista recebeu uma ligação, por volta das 19 horas, de uma pessoa que queria contratar o serviço de frete.

O frete seria do Jardim Joquei Club ao Bairro Universitário. A vítima, que é moradora das Moreninhas, foi ato o local combinado e quando chegou encontrou dois homens em uma motocicleta. O fretista foi rendido pela dupla.

Um deles armado entrou com ele no caminhão e o fez dirigir até um local ermo, onde foi amarrado. A vítima disse que enquanto eles esperavam um terceiro comparsa, ele levou várias coronhadas na cabeça.

O terceiro assaltante chegou e disse que precisavam aguardar o homem que iria dirigir o caminhão e, provavelmente, levar o veículo para o Paraguai. Nesse meio tempo, os três viram um carro com giroflex e fugiram achando que era a polícia.

Na fuga, o trio levou a carteira com documentos, o aparelho celular e R$ 450 da vítima, que ficou amarrada. Depois que os ladrões fugiram, o fretista conseguiu se soltar e acionar a polícia.

O caso foi registrado na Depac da Vila Piratininga que vai investigar o crime.

Jornal Midiamax