Polícia

Garçom que matou jovem com 23 golpes de tesoura vai a juri nesta sexta-feira

Crime aconteceu em janeiro de 2014

Kemila Pellin Publicado em 08/10/2015, às 22h08

None
28012014084157.jpg

Crime aconteceu em janeiro de 2014

O garçom Jorge Armando Vieira Júnior, de 36 anos, que matou a garota de programa Kátia Loup Pereira, de 20 anos, com 23 golpes de tesoura e faca, e depois deu uma faca em seu próprio peito, será julgado pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (9).

O crime, que aconteceu entre a noite do dia 26 e a madrugada do dia 27 de janeiro de 2014, em uma boate na região centro-sul da cidade, que estava fechada por conta de férias coletivas, teria sido motivado por uma discussão, após Jorge ter dito que não tinha dinheiro para pagar pelos serviços da moça.

O autor então teria amarrado Kátia e passado a golpeá-la na região da nuca, costas e tórax até causar sua morte. Após o crime, o garçom tentou se suicidar. No dia do crime, o proprietário da casa, Neto Andrade, foi até o local e teve que arrombar a porta para entrar já que ninguém o atendeu, e, posteriormente encontrou os corpos no chão. Kátia já estava morta, e Jorge foi levado para atendimento na Santa Casa.

A Promotoria alega que o delito foi cometido por motivo torpe, uma vez que o denunciado contratou o programa sexual com a vítima, sem o dinheiro de contrapartida e, ao ser cobrado, passou a agredi-la com golpes mortais, tornando a conduta criminosa repugnante e repulsiva.

Jornal Midiamax