Polícia

Familiares e amigos de jovem que morreu afogado serão chamados para depor

O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil 

Midiamax Publicado em 01/07/2015, às 18h26

None
policia_ilustrativa-gw3.jpg

O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil 

Depois do afogamento que resultou na morte de Tarcísio Augusto dos Santos, de 27 anos, durante um evento em uma chácara na região Oeste de Campo Grande, na manhã do último domingo (28), familiares e amigos do rapaz devem ser chamados para depor nos próximos dias.

De acordo com o delegado Alexandre Amaral Evangelista, da 2ª Delegacia de Polícia Civil, todos que estiveram com o rapaz no dia do afogamento, incluindo os proprietários da chácara onde houve a morte, serão ouvidos.

Para o delegado, a causa da morte de Tarcísio só será confirmada com o laudo necroscópico, já que informações preliminares apontam que a vítima sofria de hipoglicemia. “Só com o laudo vou conseguir confirmar se ele realimente morreu afogado”, ressalta Evangelista.

Caso

No dia da fatalidade, como foi tratada até o momento, cerca de oito pessoas faziam bife na chapa no local. Todos estavam na piscina e faziam uso de bebidas alcoólicas. Segundo vizinhos, a festa na propriedade começou no sábado de noite e muitos convidados estavam com camiseta do curso de fisioterapia.

O filho do proprietário da chácara alegou que o local não foi alugado e as pessoas que estavam na festa eram amigas de faculdade da irmã dele. Contrariando o filho, o dono da casa afirmou à polícia que alugou o espaço para uma festa na noite anterior por R$ 400.

O local onde ocorreu a festa está interditado para realização de eventos desde o dia 26 outubro de 2013, quando outra pessoa também morreu afogada na mesma piscina.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, após a interdição, os proprietários não entraram com novo pedido de vistoria para voltar a realizar festas no local. Na época, a chácara foi multada em 90 Uferms. Com a nova denúncia, os bombeiros vão voltar ao local para verificar a situação.

Jornal Midiamax