Polícia

Fábio Júnior é preso em MS com cocaína escondida na cueca

O xará do cantor foi preso depois de várias denúncias

Renata Portela Publicado em 05/08/2015, às 13h28

None
img-20150805-wa0030.jpg

O xará do cantor foi preso depois de várias denúncias

O ajudante de pedreiro Fábio Júnior Aparecido dos Santos, de 27 anos, conhecido como “Amaral”, foi preso em flagrante na noite de terça-feira (4) sob suspeita de tráfico de drogas. Ele foi detido depois de três meses de investigações, após a polícia receber várias denúncias sobre as movimentações que ocorriam na casa dele, localizada na Rua Aristóteles, na Vila Progresso.

De acordo com o delegado Rodrigo Yassaka, da Denar (Delegacia Especializada de Combate ao Narcotráfico), Fábio foi flagrado dentro de casa, com duas porções de pasta base, totalizando 13 gramas da droga. Ele é morador da Vila Progresso, região que já é conhecida pela polícia por ser reduto de traficantes e bocas de fumo.

O rapaz escondia uma porção da droga na cueca e outra no sofá da casa. Ainda em uma pochete foram encontrados R$ 38 em trocados, o que levantou a suspeita de ser proveniente da venda de drogas. De acordo com o delegado Yassaka, a quantidade de droga apreendida não é importante. “O que importa é que tiramos mais um traficante das ruas de Campo Grande”, ressalta.

Os vizinhos denunciaram Fábio, pois já se sentiam inseguros com a movimentação de pessoas desconhecidas que ocorria na casa dele havia pelo menos três meses. O rapaz ainda afirmou que é apenas usuário e que pagou R$ 140 pelas porções de pasta base, que seria para consumo próprio. Ele responderá por tráfico de drogas.

Passagens

O traficante já é conhecido no meio policial. De acordo com o delegado, Fábio já tem passagens pela polícia e administrava uma casa de prostituição em Costa Rica, cidade a 384 quilômetros da Capital. Ele foi preso quando a polícia descobriu que uma adolescente trabalhava no prostíbulo, que foi posteriormente interditado. 

Jornal Midiamax