Polícia

Enfermeiro de hospital particular é chamado de ‘preto nojento’ no trabalho

Caso aconteceu na noite da quinta-feira (2), na Capital

Wendy Tonhati Publicado em 03/04/2015, às 12h11

None
depac_centro-gw4.jpg

Caso aconteceu na noite da quinta-feira (2), na Capital

Um enfermeiro de um hospital particular de Campo Grande teria sido alvo de racismo na noite da quinta-feira (2), durante o horário de trabalho. De acordo com o boletim de ocorrência, ele disse que orientou duas colegas de trabalho, técnicas em enfermagem e uma delas, teria o chamado de ‘esse preto nojento’.

Consta no registro policial, que o enfermeiro relatou nunca ter tido problemas com outros funcionários. Na quinta, após a orientação às funcionárias, ele ouviu a frase racista ser dita por uma delas.

O enfermeiro ainda indicou à polícia o nome de uma testemunha, que ouviu a ofensa racial.

O caso foi registrado como injúria, se consiste na utilização de elementos referentes à raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital. 

Jornal Midiamax