Polícia

Enfermeira manda paciente ‘voltar mais tarde’ e vira caso de polícia em MS

Caso foi registrado na delegacia como omissão de socorro

Wendy Tonhati Publicado em 22/06/2015, às 14h52

None
santa_rita_do_pardo.jpg

Caso foi registrado na delegacia como omissão de socorro

Jovem de 27 anos ficou sem atendimento na tarde deste domingo (21), após tentar uma consulta médica em um hospital de Santa Rita do Pardo, a 267 quilômetros de Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, Natanael Paulo da Silva Neto teria ido ao hospital e sido informado de que o médico estava ocupado.

Consta no registro que o rapaz estava com fortes dores nas costas e com dificuldade para respirar e falar. Ele teria sido informado por uma enfermeira que o médico não iria atendê-lo, por estar muito ocupado. O jovem foi orientado a retornar ao hospital “mais tarde” ou no dia seguinte.

O caso foi registrado como omissão de socorro na Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Pardo.  

*Este material foi editado às 15h27 para corrigir informações. Ao contrário do informado inicialmente, a vítima não morreu. 

Jornal Midiamax