Polícia

Encontrado morto em via pública foi vítima de esfaqueamento e pedradas

A polícia suspeita de acerto de contas

Renata Portela Publicado em 09/11/2015, às 11h16

None
img-20151109-wa0007.jpg

A polícia suspeita de acerto de contas

O homem encontrado morto na manhã desta segunda-feira (9), no Jardim Nhanhá, foi vítima de esfaqueamento e também pedradas. O corpo foi encontrado na Rua do Ébano, esquina com a Rua do Sol Nascente, por volta das 7 horas.

Equipe do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) foi acionada por populares que encontraram o corpo do homem, caído na rua e desfigurado, na manhã desta segunda-feira. De acordo com a Perícia, o homem foi morto por volta das 2 horas. O corpo apresentava pelo menos cinco facadas nas costas, além de pedradas na cabeça.

A vítima foi encaminhada para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) sem identificação. O homem aparenta ter 30 anos e não portava documentos. Além disso, nenhum familiar ou amigo foi até o local e, de acordo com a polícia, moradores da região afirmam que não viram o crime e que não sabem o que ocorreu.

De acordo com o delegado Hoffman D'Ávila, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, que atende o caso, a suspeita é de acerto de contas por dívida de drogas, já que a região é conhecida por ser ponto de uso e venda de entorpecentes. Policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) também estão no local.

O caso será investigado pela 5ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande e deve ser tratado como homicídio doloso, quando há intenção.

Jornal Midiamax