Polícia

‘E agora?’: vice-primeira-dama usa Facebook para disparar contra Bernal

Andreia Olarte tem série de postagens sobre notícias da gestão de Bernal

Midiamax Publicado em 02/11/2015, às 13h44

None
capa_3.jpg

Andreia Olarte tem série de postagens sobre notícias da gestão de Bernal

A vice-primeira-dama de Campo Grande, Andreia Olarte, adota postura diferente do marido desde que ele foi afastado do cargo de prefeito, em agosto. Enquanto Gilmar Olarte (PP) evita declarações públicas, a esposa usa o perfil no Facebook para uma espécie de ‘campanha anti-Bernal’.

“E agora?”, pergunta Andreia ao postar notícias sobre a administração de Alcides Bernal (PP), a maioria referente a problemas como buracos nas ruas e decisões judiciais. Ele retornou ao Paço Municipal após, no mesmo dia, o TJ (Tribunal de Justiça) afastar Olarte, em decorrência da Operação Coffee Break, sobre suposta corrupção na cassação do titular, e manter liminar favorável ao prefeito derrubando o ato da Câmara Municipal que o cassou.

“Como pode um ser humano chegar a esse ponto, fechar um lugar onde salva vidas e vidas de crianças inocentes por vaidade, egoísmo e pra dizer à sociedade que ele manda que tudo que o Olarte fez ele vai destruir!!! Muito triste e mesquinho… E ainda tem coragem de dizer as pessoas em primeiro lugar!!! Deus está vendo essa crueldade com nossas crianças!!!!”, traz um post da vice-primeira-dama, de outubro, no qual foi anexada notícia sobre o fechamento do Cempe (Centro Municipal Pediátrico).

Desde a saída da Prefeitura, foram ao menos 19 postagens na linha do “E agora?”. A maioria de outubro para cá.

"E agora?", questiona vice-primeira-dama sobre decisão contrária a BernalA vereadora Luiza Ribeiro (PPS), uma das poucas integrantes da base de Bernal, foi alvo em uma das postagens. “Cadê a Luiza Ribeiro para brigar, fazer manifestações em frente a prefeitura e agora????”, pergunta Andreia em postagem de 16 de outubro. Abaixo do texto, notícia sobre o orçamento da Prefeitura para 2016 sem previsão de destinar 1% dos recursos para a área cultural.

Olarte, por outro lado, indica ter abandonado o Facebook dias antes do afastamento da Prefeitura. As últimas postagens foram feitas em julho, boa parte relacionada a ações dele na administração da cidade.

Além da investigação da Coffee Break, ainda em curso, Olarte responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em ação decorrente da Operação Adna. Além de ser afastado, o vice-prefeito ficou cinco dias preso preventivamente, no começo de outubro, a pedido do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), sob alegação de que poderia atrapalhar as investigações.

Enquanto isso, Bernal mantém-se no cargo por força de medida liminar, enquanto novo recurso da Câmara Municipal aguarda julgamento. Olarte tem uma comissão processante em curso no legislativo, originado pelo processo da Operação Adna, e a casa também criou uma Comissão de Ética para analisar a conduta de vereadores investigados na Coffee Break.Nem vereadora escapou da 'pressão' no Face

Procurada pela reportagem, Andreia Olarte disse que está em viagem e poderá conceder entrevista a respeito quando retornar. 

Jornal Midiamax