Polícia

Dono de chácara é multado por desmatar mata ciliar para construir tanques de peixes

Morador de Campo Grande terá que pagar multa de R$ 25,4 mil

Kemila Pellin Publicado em 05/11/2015, às 21h45

None
12119317_10203757432054687_1134710614_o.jpg

Morador de Campo Grande terá que pagar multa de R$ 25,4 mil

Um chacareiro foi multado em R$ 25,4 mil por degradar matas ciliares do rio Aquidauana, construir três tanques de piscicultura, de 0,5 hectares cada, sem licença ambiental, e armazenar árvores da espécie aroeira, protegidas por lei. O flagrante foi feito por policiais militares ambientais da cidade de Aquidauana.

De acordo com a PMA o proprietário da chácara, no Distrito de Piraputanga, é morador de Campo Grande, e foi atuado por desmatar uma Área de Preservação Permanente as margens do rio Aquidauana, com uma máquina retroescavadeira, para construir tanques de piscicultura, além de uma varanda em alvenaria, na qual eram utilizadas vigas de aroeira na sustentação.

As atividades foram interditadas e o maquinário, assim como a madeira, foram apreendidos. O proprietário de 46 anos foi multado em R$ 25.4 mil e vai responder por dois crimes ambientais, de degradação de APP, que prevê multa de um a três anos de detenção, e pelo armazenamento da madeira protegida ilegalmente, pelo qual pode pegar pena de um a dois anos de reclusão.

O infrator foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada (PRAD).

Jornal Midiamax