Polícia

DOF prende quadrilha suspeita de roubar e abater novilha em MS

Os suspeitos carregavam a carne do animal na carroceria de uma Montana

Renata Portela Publicado em 06/07/2015, às 15h10

None
cabeca.jpg

Os suspeitos carregavam a carne do animal na carroceria de uma Montana

Na noite de domingo (5), uma quadrilha foi desarticulada e os envolvidos presos pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira). O fato ocorreu na região de Dourados, a 225 quilômetros da Capital.

Segundo a assessoria do DOF, durante bloqueio policial na MS-270, a Montana, preta, placas de Amambai-MS, conduzida por Fabiano Marcelo de Aguiar Pires, de 33 anos, foi abordada. Com Fabiano, estava Silvio Eugênio Batista, de 34 anos. Durante vistoria, os policiais encontraram carne bovina fresca, além da cabeça do animal na carroceria da picape.

Os policiais questionaram sobre a procedência do material, mas a dupla não soube responder. Eles afirmaram que o responsável pelo abate era Wagner Ribeiro de Matos, de 40 anos e que ele estava em outro veículo, que vinha logo atrás. Os policiais conseguiram abordar o Corsa, preto, placas de Dourados-MS.

Dentro do veículo estavam Wagner, o filho dele Gabriel Freitas de Matos, de 18 anos, Osmar Vargas de Souza, de 32 anos e Ronaldo Nunes Duarte, de 30 anos. Wagner afirmou que recebeu uma novilha como forma de pagamento, na Fazenda Terra Nova, localizada na região de Itahum, a 234 quilômetros de Campo Grande.

Os policiais procuraram pelo administrador da fazenda, Carlos Souto, de 34 anos, para saber a respeito do ocorrido, mas ele não soube dar informações precisas sobre a procedência do gado abatido. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Fronteira, em Dourados. Foram apreendidos, nos veículos, cordas, laços, facões e um machado.

O caso foi registrado como abigeato, ou seja, roubo ou furto de gado.  

Jornal Midiamax