Polícia

Depois de fora, homem se revolta, tenta matar dois e a ameaça de morte militares

O flagrante aconteceu em Cassilândia

Midiamax Publicado em 18/05/2015, às 11h31

None
474_-_gw.jpg

O flagrante aconteceu em Cassilândia

Wanderley Luiz Bridi, de 48 anos, ficou revoltado após levar fora na porta de boate em Cassilândia, a 416 quilômetros de Campo Grande. Ele teria atacado duas pessoas e acabou sendo preso pela PM (Polícia Militar).

O homem tentou agarrar uma mulher de 26 anos, que se livrou dele e começou um bate-boca, ocasião que um mototaxista chegou ao local, ocasião que houve uma distração por lá. Com isso, o suspeito foi até a casa dele e pegou uma faca.

Ao sair do imóvel o homem correu atrás da mulher, mas não a alcançou. Em seguida, ele foi atrás do mototaxista e acabou atingindo o banco e tanque do veículo com a faca.

Os militares estiveram por lá e encontraram Wanderley ainda alterado. Durante o trajeto até a delegacia, ele ameaçou os policiais e a família deles. O caso foi registrado como homicídio doloso na forma tentada, com intenção de matar, além de ameaça e desacato.

Jornal Midiamax