Polícia

Denúncia sobre assassino de padrasto da namorada leva a prisão de ‘irmãos patetas’

A polícia foi ao local, por conta de uma denúncia anônima

Diego Alves Publicado em 16/06/2015, às 03h18

None
depac_piratininga_-_mj_1.jpg

A polícia foi ao local, por conta de uma denúncia anônima

Albeneir Mareco Salomão, 35, e William Augusto Mareco Salomão, de 38 anos,  conhecidos como “irmãos patetas”, foram presos por policiais do SIG (Setor de Investigação Geral do Departamento de Polícia Civil), na Rua João Paulo I, Bairro Jardim Itamaracá, em Campo Grande, no final da tarde desta segunda-feira (16).

A polícia foi ao local, por conta de uma denúncia anônima que relatava que Ismael da Silva Dauzaker, 22 anos, suspeito de matar Eduardo Afonso Sampaio de Andrade, de 39 anos, (padrasto da namorada de Ismael), estava na casa.

De acordo com a polícia, Albeneir e William são foragidos da Justiça por crimes de roubo. Os “irmãos patetas”, foram levado a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Piratininga.

Crime no Jardim Botafogo

De acordo com a Polícia Civil, uma discussão em família teria resultado na execução de Eduardo Afonso. Os envolvidos participavam de um churrasco e por volta das 15 horas, uma brincadeira entre a esposa da vítima e a vítima teria iniciado a confusão.

Segundo o delegado Camilo Kettenhuber, da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga, marido e mulher estavam brincando de “soquinho” e um empurrão de “brincadeira” teria iniciado a briga. Irritado com a reclamação do namorado da enteada, Eduardo teria dado um tapa no rosto do rapaz.

A namorada de Ismael e a esposa de Eduardo, mãe e filha, tentaram deter os dois. Mas o rapaz conseguiu se soltar e foi até a sala buscar a arma. Os dois acabaram se encontrando na sala da casa, momento no qual Ismael efetuou os disparos. Em seguida o rapaz fugiu a pé.

Jornal Midiamax