Polícia

Corpo é encontrado em decomposição na fronteira; caso é o terceiro em seis dias

O corpo seria do sexo feminino

Diego Alves Publicado em 28/10/2015, às 22h31

None
wmx-640x360x4-563131a31801ee512dc2056dcd52db3535033d54dce43_1.jpg

O corpo seria do sexo feminino

Um corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado por populares na tarde desta quarta-feira (28) na Rua Deputado Aral Moreira em Ponta Porã, cidade a 338 quilômetros de Campo Grande. Este é o terceiro corpo encontrado nos últimos seis dias na região da fronteira.

De acordo com a polícia aparentemente, o corpo seria do sexo feminino. Por causa do avançado estado de decomposição, o corpo já estaria esqueletizado. 

Na tarde da última segunda-feira (26), o corpo de um homem dentro de um saco plástico preto foi encontrado nas proximidades de um terminal de ônibus em Pedro Juan Caballero (Paraguai), fronteira com Ponta Porã. Outro corpo também dentro de um saco, foi encontrado no mesmo local na última quinta-feira (22).

De acordo com o site Ponta Porã Informa, a vítima, ainda sem identificação é de cor morena, com idade aproximada de 30 anos e vestia calça jeans, camiseta branca e tênis branco.

A vítima encontrada no último dia 22 já estava em estado avançado de decomposição. Populares que transitavam nas imediações do terminal de ônibus da cidade sentiram um forte mau cheiro e, ao procurarem, encontraram o corpo do homem envolvido no plástico negro.

Aparentemente a vítima foi morta em outro lugar e desovada onde foi encontrada. Agentes da polícia realizaram os trabalhos de praxe e o corpo foi encaminhado ao Hospital Regional para que algum familiar possa fazer a identificação.

Jornal Midiamax