Polícia

Comércio sem autorização ambiental às margens do Rio Paraguai é fechada

Os proprietários responderão por crime ambiental 

Diego Alves Publicado em 18/05/2015, às 22h59

None
rio_paraguai.jpg

Os proprietários responderão por crime ambiental 

Policiais Militares Ambientais de Corumbá, 448 quilômetros de Campo Grande, fecharam um comércio que funcionava sem autorização, às margens do rio Paraguai Mirim em uma região do Pantanal localizada a 46 kg de Corumbá.

De acordo com a polícia, o estabelecimento comercial funcionava às margens do rio, sem autorização ambiental. A empresa atacadista de gêneros alimentícios, filial de uma importadora e exportadora, localizada no centro de Corumbá foi interditada.

A empresa foi autuada administrativamente e recebeu multa de R$ 20 mil. Os proprietários responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. A pena é de três a seis meses de detenção.

Jornal Midiamax