Polícia

Com previsão de chuva no feriado em MS, PRF começa Operação Semana Santa

Operação vai ser realizada até a meia noite da segunda-feira (6)

Wendy Tonhati Publicado em 01/04/2015, às 18h41

None
download.jpg

Operação vai ser realizada até a meia noite da segunda-feira (6)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciou a meia noite da terça-feira (31), a Operação Semana Santa. Com previsão de chuva para os dias do feriado, além da fiscalização infrações de trânsito, a PRF recomenda atenção redobrada com a pista molhada.

A operação vai ser realizada até a meia noite da segunda-feira (6) e a PRF tenta repetir o bom resultado da Operação Carnaval, que em Mato Grosso do Sul, não registrou mortes nas rodovias federais.

A corporação deve priorizar ações preventivas para redução da violência do trânsito. Serão utilizados oito radares fotográficos, 80 bafômetros, 60 viaturas e o efetivo contará com reforço de policiais que cumprirão escala especial incluindo efetivo administrativo. Segundo a PRF, a principais causas de acidentes são ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e a combinação de álcool e direção.

Chuva

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), há previsão de chuva para todos os dias do feriado, em Mato Grosso do Sul. Segundo a PRF, os dias mais perigosos são de ida e volta do feriado, quando a falta de planejamento leva muitos condutores a compensar a falta de tempo com excesso de velocidade.

Restrições

Para aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, maior parte da malha viária nacional, o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito em alguns momentos. (Confira a tabela nas fotos)

O motorista que descumprir a determinação será multado pela PRF. A infração é média, gera multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Além disso, será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição.

Operação Semana Santa 2014

No ano passado, segundo a PRF, foram registrados 69 acidente, aumento de 9% em relação a frota nacional. Três pessoas perderam a vida em acidentes nas BRs do Estado, uma diminuição de 67% em relação à frota nacional. 

Jornal Midiamax