Polícia

Com escolta insuficiente, preso em tratamento consegue fugir de hospital

Apenas dois PMs estariam fazendo a escolta de quatro presos e isto possibilitou a fuga

Arlindo Florentino Publicado em 02/01/2015, às 13h12

None
imagem_de_destaque.jpg

Apenas dois PMs estariam fazendo a escolta de quatro presos e isto possibilitou a fuga

O detento Wando Gimenez, que estava em tratamento no Hospital São Julião, conseguiu fuigir da escolta que estaria com número reduzido de policiais, pois eram quatro detentos com apenas dois homens na escolta, quando a proporção deveria ser o contrário.

De acordo com denúncias de policiais, que não se identificaram por temerem represálias, o descumprimento às normas de segurança é uma prática comum. Além disso os policiais precisariam ajudar aos profissionais de saúde no tratamento de presos.

No caso que aconteceu nesta quinta-feira (1), dois policiais estavam cuidando de quatro presos em tratamento no Hospital São Julião. Um dos presos, Wando, conseguiu fugir mesmo estando algemado. Não há informações se ele foi recapturado.

Jornal Midiamax