Polícia

Boliviano pode ter sido morto em MS por suspeita de pedofilia

Viega foi morto na última quinta-feira (2), em Três Lagoas

Wendy Tonhati Publicado em 08/04/2015, às 21h47

None
tl_noticias.jpg

Viega foi morto na última quinta-feira (2), em Três Lagoas

A Polícia Civil está investigando a possibilidade de o boliviano Valdeir Ferreira Viega, de 23 anos, ter sido assassinado por conta de um suposto crime de pedofilia. Viega foi morto na última quinta-feira (2), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

As informações foram apuradas pelo site TL Notícias. Uma pessoa foi presa e um adolescente foi apreendido por suspeita de envolvimento no crime. A investigação revelou que moradores do bairro onde morava suspeitavam que o boliviano estivesse se passando por professor de Kung Fu e abusando de meninos.

Até o momento, o delegado responsável pelas investigações já ouviu seis pessoas. A polícia tenta descobrir  qual o automóvel usado no assassinato e quantas pessoas ajudaram a espancar a vítima antes de morrer.

O corpo foi encontrado com as mãos amarradas para trás numa das margens do Rio Paraná, em Jupiá.

Jornal Midiamax