Polícia

‘Boca’ com videomonitoramento que rendeu mais de R$ 30 mil é fechada na Capital

Na casa foram apreendidos R$ 1.260 e drogas

Diego Alves Publicado em 12/04/2015, às 02h29

None
boca.gif

Na casa foram apreendidos R$ 1.260 e drogas

Policiais militares do Tático do 9º BPM, fecharam uma boca com videomonitoramento que teria lucrado mais de R$ 30 mil de 2014 até este ano, diz acreditar a polícia, por conta do valor apreendido na ação.

Jucimar Maciel da Silva de 28 anos, e Éder Alexandre Leite de 23 anos, foram presos com um tablete de maconha, em uma abordagem na região do Bairro Morada Verde em Campo Grande.

Após a prisão dos dois, a polícia foi até uma casa, localizada na Rua Pedro Batistela. Lá foi feito o monitoramento, quando Rogério Campos de Morais de 38 anos, e Taylan César Gutierrez Lima, 28, saíam da residência em um Corsa, para fazer cobrança de drogas, segundo a polícia. Jhonatam Cosme Braga Rocha, 22, que estava como batedor no momento em que todos saíram da casa também foi preso.

Na casa foram apreendidos um sistema de videomonitoramento da casa, R$ 1.260 em dinheiro, celulares e porções de maconha. Todos os envolvidos que têm passagens policiais foram levados para a Denar (Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico). 

Jornal Midiamax