Polícia

Amor ao jiu-jítsu é destaque no Facebook de lutador preso por homicídio

Rafael Queiroz, 27, agrediu a namorada antes de matar hóspede de hotel

Wendy Tonhati Publicado em 19/04/2015, às 14h55

None
rafael_martinelli_-_facebook.jpg

Rafael Queiroz, 27, agrediu a namorada antes de matar hóspede de hotel

No Facebook, a página do lutador Rafael Martinelli Queiroz, de 27 anos, preso por matar Paulo Cezar de Oliveira, de 49 anos, na noite do sábado (18), no Hotel Vale Verde, em Campo Grande, destaca o amor pelo esporte que ele pratica, o jiu-jítsu.

As fotos postadas no perfil mostram Rafael em várias competições e até um status de Facebook “Em um relacionamento sério com jiu-jítsu”. O rapaz já foi campeão em mais de uma categoria do esporte.

Ele nasceu em Araçatuba, porém competia pela cidade de Valparaíso (SP). O lutador viajou a Campo Grande para uma competição, mas acabou perdendo o compromisso e não lutou. No Youtube, é possível encontrar vários vídeos de Rafael em competição. 

Transtornado

Conforme as informações policiais, o lutador matou Paulo Cezar de Oliveira, de 49 anos, após ficar transtornado por suspeitar que o bebê que a namorada espera seja filho de outro homem. Ele agrediu a garota, de 24 anos, que fugiu do apartamento, onde estavam hospedados.

Rafael saiu procurando a namorada pelo hotel, depredando o estabelecimento até arrombar a porta do quarto da vítima. A princípio, a polícia apurou que não há ligação entre Paulo Cezar e o casal. 

Jornal Midiamax