Polícia

AGORA: PF faz buscas no escritório e casa de Delcídio em Campo Grande

Delcídio é o primeiro senador preso no exercício do mandato

Midiamax Publicado em 25/11/2015, às 10h31

None
capa.jpg

Delcídio é o primeiro senador preso no exercício do mandato

A Polícia Federal e um promotor do Ministério Público Federal  estão no escritório do senador Delcídio Amaral (PT) neste momento. Os policiais não informaram muitos detalhes da operação, mas confirmaram que cumprem mandado de busca e apreensão de documentos.

A reportagem também recebeu informação de que a Polícia Federal  está na casa do senador, em Campo Grande. Delcídio do Amaral foi preso na manhã desta quarta-feira a pedido da Polícia Federal. Esta é a primeira vez na história do Brasil que um senador é preso no exercício do mandato. 

A prisão foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal com alegação de que ele tentava conturbar as investigações da Operação Lava Jato.Delcídio havia sido citado pelo ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, por suposta participação  em esquema de desvio de recurso para compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Além de Delcídio, também foram detidos o chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, o advogado de Nestor Figueiró, Édson Ribeiro, e o banqueiro do BTG Pactual, André Esteves.

A reportagem conversou com vários assessores do senador, de Campo Grande e Brasília, mas ninguém soube dizer o que está acontecendo. Eles alegam que tentam contato com o senador, mas não conseguem falar.

Jornal Midiamax