Polícia

Açougueiro é morto a pedrada e Três Lagoas tem três homicídios em cinco dias

Ao lado do corpo da vítima havia um pedaço de madeira e uma pedra com mancha de sangue

Midiamax Publicado em 25/02/2015, às 10h58

None
giroflex.jpg

Ao lado do corpo da vítima havia um pedaço de madeira e uma pedra com mancha de sangue

O açougueiro Júlio Maciel, de 39 anos, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (25), por volta das 2 horas, no cruzamento das Ruas Jary Mercante e Antônio Estevam Leal, no Jardim Alvorada, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a polícia, após a PM (Polícia Militar) receber a denúncia que havia um homem caído com o rosto ensanguentado na via, uma equipe se deslocou até o local. A PM, ao chegar ao cruzamento, encontrou o corpo.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a Perícia foram acionados, mas quando chegaram ao local a vítima já estava morta. Ao lado do corpo foi encontrada uma ripa de madeira e uma pedra com manchas de sangue, possivelmente usadas no crime, bem como carteira de trabalho e a certidão de nascimento.

O corpo da vítima foi levado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como homicídio doloso. Em menos de cinco dias, esse é o terceiro homicídio na cidade.

Jornal Midiamax