Polícia

Acidentes matam nove pessoas nas BRs do Estado durante feriado prolongado

 Negligência é principal causa de mortes, diz PRF

Midiamax Publicado em 13/10/2015, às 12h39

None
capa_1.jpg

 Negligência é principal causa de mortes, diz PRF

Durante o feriado prolongado, entre o último sábado (10) e essa segunda-feira (12), nove pessoas morreram vítimas de acidente de trânsito nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul. Os números correspondem às informações repassadas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) nesta terça-feira (13).

Do total de mortes, seis foram registradas na BR-158 em Paranaíba e outras três na BR-060. Segundo o chefe do núcleo de comunicação social, Tercio Baggio, os acidentes foram provocados pela “negligência dos condutores”, principalmente nos períodos de chuva.

“Parece que o condutor está despreparado para andar na chuva. A gente vinha registrando uma redução de 50% das mortes até o fim de setembro, comparando com o mesmo período do ano passado. Em outubro houve um salto no número de mortes. O acidentes ocorrem por negligência do condutor em não reduzir velocidade e não cobrar o uso do cinto de segurança dos passageiros. O que a gente observa é imprudência em relação à chuva”, afirma.

Conforme a PRF, até o último domingo (11), 573 testes de alcoolemia e duas prisões haviam sido realizadas; 2.616 veículos foram fiscalizados; 18 CNH (Carteiras Nacional de Habilitação) foram recolhidas. Até o momento não há um balanço completo da operação realizada durante o feriado prolongado.

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax tentou falar com a assessoria de comunicação da PRE (Polícia Rodoviária Estadual), para saber se houve acidente nas rodovias estaduais nesse período, mas as ligações não foram atendidas.

De acordo com a assessoria de comunicação do BRTran (Batalhão da Policia Militar de Trânsito), durante o feriado prolongado, não houve acidentes com mortes no local em Campo Grande.

Jornal Midiamax