Polícia

Acerto de contas: suposto integrante do PCC é morto a tiros após sair de presídio

Ele foi executado por pistoleiros

Renata Portela Publicado em 22/11/2015, às 11h38

None
piru-2-528x330.jpg

Ele foi executado por pistoleiros

Gerson Barbosa Pacher, de 56 anos, o ‘Piru’, foi morto a tiros na tarde de sábado (21) em Bella Vista do Norte, no Paraguai. Ele foi executado a tiros após sair da cadeia e a polícia suspeita de acerto de contas da facção criminosa da qual ele faria parte.

Gerson estava em uma casa, na Rua Yegros, esquina com Riachuelo, no Bairro Apa, quando dois homens em uma motocicleta chegaram ao local. Os suspeitos deram vários tiros de pistola 9mm, que mataram Gerson na hora, segundo informações do site Porã News.

De acordo com a polícia, há suspeita de que ‘Piru’ era membro do PCC (Primeiro Comando da Capital) e o homicídio estaria ligado a um acerto de contas. 

Jornal Midiamax