Polícia

Preso em flagrante, garçom acusado de matar garota de programa segue internado na Santa Casa

Apontado como o principal suspeito do assassinato da garota de programa Kátia Loup Pereira, de 20 anos de idade, o garçom e segurança Jorge Armando Vieira Júnior, de 35 anos, teve o flagrante decretado e está internado na Santa Casa de Campo Grande. Segundo os levantamentos feitos no local do crime, uma casa de shows […]

Arquivo Publicado em 28/01/2014, às 16h58

None

Apontado como o principal suspeito do assassinato da garota de programa Kátia Loup Pereira, de 20 anos de idade, o garçom e segurança Jorge Armando Vieira Júnior, de 35 anos, teve o flagrante decretado e está internado na Santa Casa de Campo Grande.

Segundo os levantamentos feitos no local do crime, uma casa de shows na Vila Carvalho, o casal estava em um quarto (trancado por dentro). A mulher apresentava marcas de ferimentos com tesoura enquanto o garçom foi encontrado com uma faca cravada no peito.

Segundo policiais da primeira delegacia que estão investigando o caso, a suspeita é que ele tenha matado Kátia e posteriormente tentado o suicídio. Os levantamentos da perícia indicam que o crime teria acontecido por volta das 10h e descoberto apenas cinco horas depois,quando o proprietário da casa de shows, Neto Andrade, foi ao local.

Ainda não há maiores detalhes a respeito do caso pois Jorge encontra-se ainda recuperando-se da cirurgia a que foi submetido após a extração da faca de seu corpo.

Jornal Midiamax