Polícia

Policial da Derf morto por bandidos estava em operação à paisana com carro da polícia

Os atiradores também não levaram a pistola do policial, que foi encontrada embaixo do banco do motorista.

Arquivo Publicado em 29/01/2014, às 10h24

None
1337032395.jpg

Os atiradores também não levaram a pistola do policial, que foi encontrada embaixo do banco do motorista.

Um investigador da Polícia Civil, lotado na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), identificado como Dirceu Rodrigues dos Santos, foi morto na noite desta quarta-feira (28) com dois tiros na cabeça.


Ao contrário das primeiras informações divulgadas, o policial estaria em uma operação à paisana. De acordo com informações extraoficiais, Dirceu Gonçalves estava em uma investigação. Ele estava em um Palio descaracterizado da polícia.


Ele foi abordado pelos homens, que entraram no carro, deram dois tiros, saíram com o carro e o abandonaram a 400 metros de distância.


Os atiradores também não levaram a pistola do policial, que foi encontrada embaixo do banco do motorista.


O assassinato aconteceu na Rua dos Topógrafos, Bairro Campo Nobre, em Campo Grande.


As informações são preliminares, pois as investigações começaram a partir do momento que os policiais tomaram conhecimento da morte.

Jornal Midiamax