Polícia

Polícia de Sumaré prende ladrão fichado desde 1948

Com uma ficha criminosa que vem desde 1948, Marinho Esteves de Oliveira, 84, foi preso na quinta-feira (27) após furtar 36 torneiras em um estabelecimento comercial em Sumaré (103 km de São Paulo). Ele era procurado pela Justiça desde 2011, por um furto cometido em Limeira. Só nos últimos cinco anos, Oliveira teve nove passagens […]

Arquivo Publicado em 28/02/2014, às 17h47

None

Com uma ficha criminosa que vem desde 1948, Marinho Esteves de Oliveira, 84, foi preso na quinta-feira (27) após furtar 36 torneiras em um estabelecimento comercial em Sumaré (103 km de São Paulo). Ele era procurado pela Justiça desde 2011, por um furto cometido em Limeira. Só nos últimos cinco anos, Oliveira teve nove passagens pela polícia. Ele foi encaminhado à cadeia de Sumaré e permanece preso.

Aos policiais, Marinho Oliveira admitiu que sua carreira é mais antiga do que sua ficha. “Eu comecei cedo. O mundo estava em guerra e eu já roubava”, contou o idoso, em referência à 2ª Guerra Mundial (1939-1945). Ele admitiu fazer pelo menos três furtos por semana. “Tá dando moleza, eu passo, vejo e pego. Se deixar as portas abertas, eu pego mesmo”, disse o acusado.

Na ocorrência desta quinta-feira, ele aproveitou distração de um motorista que descarregava produtos em uma loja e levou as torneiras, que estavam dentro do caminhão para serem entregues em outro local. O motorista do caminhão, Eduardo da Silva, afirmou que o idoso foi muito rápido a ação passou despercebida. “Eu só fui perceber depois, quando fui entregar a próxima entrega. Voltei ao local e falei com a gerente da loja. Nessa hora, percebi que alguém havia me furtado”, disse.

A gerente, que pediu para não ser identificada, afirmou a Silva que havia visto Marinho Oliveira, conhecido por pequenos crimes na região, perto do caminhão e que ele poderia ser o autor do furto. Ela e uma funcionária da loja saíram para procurar o idoso e o encontraram em um ponto de ônibus, ainda com o produto do furto. A gerente da loja o segurou pelo braço até a chegada da polícia. “Ele até tentou reagir, mas eu segurei firme”, contou a gerente.

Pequenos delitos

Segundo a gerente, Marinho Oliveira é conhecido dos comerciantes e frequentemente é apontado como autor de pequenos delitos. “Há coisa de um mês, ele furtou quase R$ 1 mil em produtos de uma carga entregue na minha loja. Na ocasião, não registramos a ocorrência, mas quando o vi pela área, já fiquei de olho. Assim que motorista percebeu o furto, achei que tinha sido ele”, afirmou.

O soldado Mário Camargo, que realizou a prisão, disse que se surpreendeu com a idade avançada e a ficha criminal de Oliveira. “Não é sempre que se prende um senhor de 84 anos com uma ficha criminal como a que ele tem. É impressionante”, disse o policial. Já o motorista Silva, entre risadas, comentou que o idoso mostrou agilidade. “O ‘velhinho’ foi rápido. Bobeei e ele levou mesmo. Ainda bem que a gerente estava atenta”, disse.

Jornal Midiamax