Polícia

Delegado preso por suspeita de extorsão continua na cadeia em DP de Campo Grande

O delegado titular da delegacia de Sete Quedas, Rinaldo Gomes Moreira, preso pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) na última terça-feira (25) continua detido no 3º Distrito Policial de Campo Grande. Ele foi preso por força de um mandado de prisão preventiva, suspeito de cometer crimes de extorsão e lavagem […]

Arquivo Publicado em 28/03/2014, às 12h09

None
675615103.jpg

O delegado titular da delegacia de Sete Quedas, Rinaldo Gomes Moreira, preso pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) na última terça-feira (25) continua detido no 3º Distrito Policial de Campo Grande.

Ele foi preso por força de um mandado de prisão preventiva, suspeito de cometer crimes de extorsão e lavagem de dinheiro.

De acordo com o diretor de comunicação da Polícia Civil, Venizelos Papacosta Filho, a partir de agora o processo estará a cargo do poder judiciário.

“Aquilo que era competência da polícia está feito e todo o procedimento será encaminhado à Justiça”, afirmou.

Os advogados de defesa do delegado também já estariam se movimentando no sentido de conseguirem o Habeas Corpus,para que ele possa responder em liberdade.

Jornal Midiamax