Polícia

Chinês preso com 22 ursos tenta convencer policiais que criava cães

Um contrabandista chinês foi preso em flagrante com 22 filhotes de urso dentro do carro que dirigia na província de Yunnan. Ele foi parado pela polícia, que desconfiou dos animais soltos no carro, e tentou convencer os agentes de que estava transportando cachorros. Wu Meng, 28 anos, afirmou aos patrulheiros no sudoeste da China que […]

Arquivo Publicado em 24/03/2014, às 14h13

None
1942003566.jpg

Um contrabandista chinês foi preso em flagrante com 22 filhotes de urso dentro do carro que dirigia na província de Yunnan. Ele foi parado pela polícia, que desconfiou dos animais soltos no carro, e tentou convencer os agentes de que estava transportando cachorros. Wu Meng, 28 anos, afirmou aos patrulheiros no sudoeste da China que foi enganado, e garantiu que processaria o vendedor que teria descrito os ursos como raros filhotes de Akita. As informações são do Daily Mail.

O chinês disse que se sentiu lesado quando, depois de ser detido, um veterinário por fim confirmou que os bichos não eram cães. Ele foi abordado pelos policiais durante uma patrulha de rotina na divisa entre duas províncias chinesas. Além dos 22 filhotes, os agentes também encontraram um urso morto escondido no porta-malas. A descoberta confirmou a suspeito dos policiais de que o homem era um contrabandista.

O homem acabou confessando que transportaria os ursos para uma província vizinha. Os animais foram encaminhados para um zoológico, onde estão sendo tratados. A polícia diz acreditar que eles seriam mortos e teriam partes do corpo utilizados na prática da medicina chinesa.

Jornal Midiamax