Polícia

Após tiroteio que terminou em morte, polícia detém comparsa e apreende droga

Uma abordagem que terminou em perseguição, trocas de tiros e morte de Carlos Henrique Oliveira Nascimento, conhecido como “Caique”, de 21 anos, também prendeu o comparsa Edney Ribeiro da Rocha, de 24 anos, e apreendeu drogas que estavam no automóvel dos suspeitos. O caso ocorreu no fim da tarde de ontem, na Rua dos Mascates, […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 11h08

None

Uma abordagem que terminou em perseguição, trocas de tiros e morte de Carlos Henrique Oliveira Nascimento, conhecido como “Caique”, de 21 anos, também prendeu o comparsa Edney Ribeiro da Rocha, de 24 anos, e apreendeu drogas que estavam no automóvel dos suspeitos. O caso ocorreu no fim da tarde de ontem, na Rua dos Mascates, no bairro Aero Rancho, região sul de Campo Grande. 

Equipes do Tático do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) em rondas pela Avenida Raquel de Queiroz, abordou o Gol, placas HRR-8506, porém o condutor não respeitou à ordem de parada e iniciou uma perseguição. 
Os suspeitos foram cercados na Rua dos Mascates e houve ordem para que ambos saíssem do veículo.
De acordo com os militares, o carona do carro, Edney, obedeceu a ordem e desceu do automóvel com as mãos na cabeça. 
Já o motorista, Carlos Henrique, saiu com a arma em punho e efetuou disparos contra a guarnição.
Diante da injusta agressão sofrida, Carlos Henrique foi atingido por um tiro no tórax. 
Mesmo ferido, o suspeito tentou fugir e continuou a atirar contra os militares, que acabou atingindo mais uma vez o rapaz. Em seguida, ele foi socorrido pelos policiais e encaminhado à Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos. 
No carro dele havia dois tabletes de maconha debaixo do banco do motorista, que foi apreendido. O entorpecente foi encaminhado à Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), que comprovaram a ilicitude. 
Os policiais também apreenderam a Taurus .40 que estava com Carlos Henrique. Todos os objetos apreendidos e o comparsa, Edney, foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, área sul da Capital.
Jornal Midiamax