Polícia

Polícia prende quadrilha que invadiu quartel da PM e tentou explodir caixas eletrônicos

Depois de um trabalho intenso de investigações a polícia prendeu em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, os responsáveis pela invasão do Quartel da Polícia Militar levando armas de grosso calibre, coletes à prova de balas e da tentativa de explosão dos caixas eletrônicos do Banco Bradesco da cidade de Antônio João, a […]

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 13h08

None

Depois de um trabalho intenso de investigações a polícia prendeu em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, os responsáveis pela invasão do Quartel da Polícia Militar levando armas de grosso calibre, coletes à prova de balas e da tentativa de explosão dos caixas eletrônicos do Banco Bradesco da cidade de Antônio João, a 402 quilômetros de Campo Grande, no dia 30 de novembro.

O primeiro a ser detido, na noite de quinta-feira, foi Bruno Alberto de Souza, de 22 anos. Ele trafegava com um Uno com placas do Paraguai pela Linha Internacional em Ponta Porã e estava sendo monitorado pela polícia. Assim que entrou em território brasileiro, foi abordado e apresentou identidade falsa, mas depois foi identificado como Bruno e que era foragido de um presídio em Santa Catarina.

Bruno confessou que na invasão ao quartel da PM, estava portando uma pistola 9 mm e indicou onde estaria um cúmplice.

A polícia chegou logo depois à residência de F.W. de 32 anos, no Bairro Jardim Universitário. Com ele foram encontradas duas pistolas, uma carabina e certa quantidade de maconha e munição.

Na sequência das investigações foram presos J.D. de 28 anos, M.C. de 33 anos; A.J. de 38 anos e V.J. S de 47 anos. A polícia ainda está em busca de dois integrantes da quadrilha que continuam foragidos.

Jornal Midiamax