Policiais civis de Água Clara, receberam na tarde de quinta-feira (28) de patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal, dois suspeitos que durante abordagem apresentaram documentos pessoais falsos. Além disso, o veículo Fiat Strada, cor preta em que estavam, apresentava vestígios de adulteração.

Durante as investigações a Polícia Civil apurou que o veículo apreendido possui a placa original NLD-8670, com ocorrência de furto/roubo no estado de Goiás e prendeu em flagrante Marcelo Januário dos Santos, 37 anos e Gilmar Soares da Silva, 40 anos, por receptação, adulteração de sinal identificador, falsificação de documento e uso de documento falso.

De acordo com Dr. Hudson Parra de Miranda, delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Água Clara, Marcelo possuía em aberto, mandado de prisão expedido pela comarca de Sidrolândia (MS). “Também foi constatado que ele se passava por Marcelo Resende da Costa, tendo diversas passagens policiais com este nome falso, em Estado de Mato Grosso do Sul”, diz o delegado.

Os presos estão nas celas da Delegacia de Água Clara, onde permanecem à disposição da Justiça.