Polícia

Polícia Ambiental fecha carvoaria ilegal no interior de Mato GRosso do Sul

Uma carvoaria foi fechada ontem (19) por funcionar sem autorização ambiental no município de Água Clara, distante a 193 km de Campo Grande. A carvoaria operava em um sítio, próximo a rodovia MS 324 e foi apreendido pela PMA 30 m³ de carvão nativo que estava sendo processado ilegalmente. O proprietário da carvoaria foi autuado […]

Arquivo Publicado em 20/07/2013, às 12h50

None
1497655534.jpg

Uma carvoaria foi fechada ontem (19) por funcionar sem autorização ambiental no município de Água Clara, distante a 193 km de Campo Grande.


A carvoaria operava em um sítio, próximo a rodovia MS 324 e foi apreendido pela PMA 30 m³ de carvão nativo que estava sendo processado ilegalmente.


O proprietário da carvoaria foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.500,00. O carvoeiro, residente no sítio, responderá também por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora e explorar material da flora sem autorização ambiental.


Caso seja condenado, o proprietário poderá pegar de três a seis meses de detenção por funcionar a carvoaria sem autorização e pena de seis meses de detenção pelo carvão ilegal que estava sendo processado.


Os policiais também autuaram um homem que transportava uma motosserra sem documentação (LPU – Licença de Porte e Uso).


A máquina sem a documentação ambiental estava em um veículo Fiat Uno. O proprietário da motosserra, residente de Três Lagoas, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.000,00. O uso de motosserra ilegal é crime ambiental, porém, só o transporte, ou a posse, não é crime, ele responderá apenas administrativavente.

Jornal Midiamax