Polícia

MT: neto mata suspeito de participar do assassinato do avô e é preso

Um jovem foi preso por matar outro a facadas para vingar o assassinato do avô em Diamantino (MT), a 208 quilômetros da capital. De acordo com a Polícia Civil, Anderson Gonçalves de Almeida, 21 anos, estava na quinta-feira na companhia de um comparsa em uma moto. Em frente à escola estadual do município, por volta […]

Arquivo Publicado em 08/12/2013, às 01h15

None

Um jovem foi preso por matar outro a facadas para vingar o assassinato do avô em Diamantino (MT), a 208 quilômetros da capital. De acordo com a Polícia Civil, Anderson Gonçalves de Almeida, 21 anos, estava na quinta-feira na companhia de um comparsa em uma moto. Em frente à escola estadual do município, por volta das 11h, ele desceu do veículo e esfaqueou diversas vezes Jonathan Nascimento Ribeiro, 18 anos.

Segundo a delegada Vanessa Aguiar, Jonathan costumava andar na companhia de suspeitos de cometer o latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o avô de Anderson. “É um grupo que andava junto, mas não há informação de que essa vítima esteja envolvida na morte do idoso”, disse.

Benedito Gonçalves da Silva, 79 anos, teve a casa invadida por ladrões na noite da última quarta-feira. O idoso foi amarrado e teve a boca amordaçada enquanto os suspeitos roubavam maços de cigarro e dinheiro. A vítima foi encontrada morta na cama, toda ensanguentada, com os braços e pernas amarrados.

No dia seguinte, dois homens foram presos e um adolescente apreendido por suspeita de participação no crime. A delegada Vanessa disse que em interrogatório os suspeitos negaram a participação nos fatos, mas evidências apontam para eles.

Jornal Midiamax