Polícia

Inquérito sobre policial que usou viatura e fugiu com preso tem até 90 dias de prazo

O inquérito que irá apurar como o policial civil Carlos Peterson Fernandes, 34 anos, pegou uma viatura da 7ª Delegacia de Polícia, liberou o preso Ryan Douglas Wehner Vieira, 21 anos, e saíram juntos para ameaçar moradores do bairro Aero Rancho tem até 90 dias para ser concluído, segundo o delegado chefe da Assessoria de […]

Arquivo Publicado em 06/11/2013, às 17h18

None

O inquérito que irá apurar como o policial civil Carlos Peterson Fernandes, 34 anos, pegou uma viatura da 7ª Delegacia de Polícia, liberou o preso Ryan Douglas Wehner Vieira, 21 anos, e saíram juntos para ameaçar moradores do bairro Aero Rancho tem até 90 dias para ser concluído, segundo o delegado chefe da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil, Venizelos Papacosta Filho.


Logo após a prisão, a delegada adjunta da 7ª DP, Cristiane de Araujo Rossi informou que o policial que estava de plantão no ultimo sábado (2), e que poderia liberado o preso, também seria investigado. Conforme o delegado, ainda não há informação sobre quando o investigador será ouvido para explicar o que aconteceu no dia. “A corregedoria é que vai apurar. Quem estava no plantão irá ser ouvido como testemunha de defesa ou acusação”, explica o delegado.


Na tarde de terça-feira (5), foi protocolado no Tribunal de Justiça (TJ/MS), pelos advogados do Carlos Peterson, o pedido de revogação de prisão para o policial. Até agora ainda não foi publicada a decisão do juiz.


 “Passeio” – De acordo com a Polícia Civil, no final da tarde do último sábado (2), o policial civil Carlos Peterson Fernandes foi preso no Jardim Aero Rancho, em Campo Grande por policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e da Polícia Militar, após denúncias que ocupantes de um veículo Logan de cor preta ameaçavam pessoas na rua com uma arma de fogo.


Com a placa do veículo que foi informada pelos moradores, os policiais constataram que se tratava de uma viatura da Polícia Civil e pertencente à 7ª Delegacia de Polícia da Capital. Assim que a viatura da Polícia Militar foi avistada, o veículo empreendeu fuga. No veículo, estava o investigador Carlos Peterson, e na condução, Ryan Douglas qual está preso e custodiado na 7ª DP desde sua prisão em 31 de março deste ano, quando foi autuado em flagrante por homicídio doloso na direção de veículo automotor.

Jornal Midiamax