Polícia

Preso com “RG de Jack Nicholson” deu prejuízo de R$ 470 mil

O homem que usava uma carteira de identidade falsa com a foto do ator hollywoodiano Jack Nicholson para abrir empresas fantasmas e contas bancárias em Recife deu um prejuízo de R$ 470 mil a duas instituições financeiras. Homem preso com RG de Jack Nicholson declarou renda de R$ 2 miImprensa internacional repercute RG com foto […]

Arquivo Publicado em 05/03/2012, às 23h20

None

O homem que usava uma carteira de identidade falsa com a foto do ator hollywoodiano Jack Nicholson para abrir empresas fantasmas e contas bancárias em Recife deu um prejuízo de R$ 470 mil a duas instituições financeiras.


Homem preso com RG de Jack Nicholson declarou renda de R$ 2 mi
Imprensa internacional repercute RG com foto de Jack Nicholson


A Polícia Civil concluiu o inquérito nesta segunda-feira. Ricardo Sérgio Freire de Barros, 41, foi preso na terça-feira (28), quando tentava abrir uma nova conta.


De acordo com o delegado Erivaldo Guerra, o acusado atuava desde 2003. “Ele passava cheques e os bancos pagavam”, explicou. Agências do Bradesco e do Banco do Brasil tiveram prejuízo.


Ricardo tinha seis carteiras falsas. A do ator norte-americano já havia sido usada para abrir uma empresa fictícia de autopeças.


Quando foi preso, o falso Jack Nicholson carregava um demonstrativo de rendimentos no valor de R$ 2 milhões. Ele utilizava a falsa certidão para aumentar o crédito no cheque especial e em cartões de créditos das supostas empresas.


O caso ganhou repercussão internacional.


Barros está preso no Centro de Triagem (Cotel). Foi indiciado sob suspeita de estelionato e pode pegar até nove anos de prisão se for condenado. Ele disse à polícia que só falaria em juízo.


Jornal Midiamax