Polícia

Preso acusado de ter executado Presidente de Sindicato de Alcinópolis

Wilson da Silva Pereira, de 22 anos, acusado de ter executado a tiros o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alcinópolis, Ronaldo Mattos Barboza, de 34 anos, foi preso por volta de 18 horas, desta terça-feira (18), pela ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior), na ponte da Alda, que fica sobre o córrego […]

Arquivo Publicado em 19/12/2012, às 12h46

None
2014610870.jpg

Wilson da Silva Pereira, de 22 anos, acusado de ter executado a tiros o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alcinópolis, Ronaldo Mattos Barboza, de 34 anos, foi preso por volta de 18 horas, desta terça-feira (18), pela ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior), na ponte da Alda, que fica sobre o córrego Arrutague, em Alcinópolis.


Pereira foi abordado pelos policiais na motocicleta Honda placa: NRK-5318, ele fugia para o estado vizinho de Mato Grosso.


Após ser abordado, Wilson confessou ser o autor dos três disparos que matou Barboza. O acusado jogou a arma do crime, um revólver calibre 38 da marca Taurus, numa lagoa próxima a fazenda Buriti. Policiais civis de Coxim realizaram buscas no local, mas devido à sujeira da água e a profundidade do local, não encontraram a arma do crime.


O autor foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Alcinópolis.


O crime – Ronaldo de Mattos Barbosa, 34 anos, atual Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alcinópolis foi executado com 03 tiros por volta de 11h30min, desta terça-feira (18), na própria sede do Sindicato.


Segundo informações o motivo do crime seria por motivos passionais, um disparo acertou no ouvido e os outros dois nas áxilas.

Jornal Midiamax