Polícia

Polícia realiza ‘Operação Avalanche’ e prende traficantes em Ivinhema

Na última quarta-feira (5), a polícia civil de Ivinhema esclareceu uma onda de furtos que vinha ocorrendo no município e identificou os autores. Logo após furto realizado numa Auto Escola do município e dias depois o furto de um veículo, a equipe de investigadores iniciou diligências visando à apuração da autoria. Nos dias seguintes ocorreu […]

Arquivo Publicado em 12/12/2012, às 14h31

None
903218406.jpg

Na última quarta-feira (5), a polícia civil de Ivinhema esclareceu uma onda de furtos que vinha ocorrendo no município e identificou os autores.


Logo após furto realizado numa Auto Escola do município e dias depois o furto de um veículo, a equipe de investigadores iniciou diligências visando à apuração da autoria. Nos dias seguintes ocorreu ainda o furto de um mini mercado e de uma residência de onde foram levadas diversas jóias.


Os policiais civis apuraram que os furtos tinham ligação e, então, concentraram as investigações em três suspeitos, sendo um deles uma adolescente de 13 (treze) anos. A partir de então, localizaram o primeiro suspeito R.Z, o qual confessou a prática dos delitos e que tais furtos tinha praticado em companhia da adolescente citada e do indivíduo R.R.M.


Com relação às jóias furtadas R.Z informou que trocou a sua parte por dois papelotes de cocaína, sendo identificado a pessoa que forneceu a droga. No mesmo dia, os policiais civis foram até o indivíduo identificado por M.V.M, o qual admitiu que de fato tinha recebido as jóias e repassado a um terceiro, o indivíduo identificado por I.A.R. Na casa de M, os policiais encontraram maconha e cocaína, sendo ele autuado em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas.


O indivíduo I.A.R foi indiciado pelo delito de receptação dolosa, pois admitiu que realmente comprou as jóias de M.V.M. Já os indivíduos R.Z e R.R.M e a adolescente em questão foram indiciados pelo delito de furto qualificado referente à residência onde subtraíram as jóias, do veículo, da auto escola, do mini mercado e, ainda, pela tentativa de furto de um escritório de advocacia.

Jornal Midiamax