Polícia

Policia é recebida com dinamite em operação; 18 são presos

A Polícia Militar prendeu 18 pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos, na manhã deste sábado em Sumaré, interior de São Paulo. Na ação, que contou com um reforço de policiais de Campinas e Americana, os soldados foram recebidos por tiros de fuzis e explosões de dinamite. Dois suspeitos foram feridos e […]

Arquivo Publicado em 15/12/2012, às 19h39

None

A Polícia Militar prendeu 18 pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos, na manhã deste sábado em Sumaré, interior de São Paulo. Na ação, que contou com um reforço de policiais de Campinas e Americana, os soldados foram recebidos por tiros de fuzis e explosões de dinamite. Dois suspeitos foram feridos e um sargento machucou a perna por estilhaços, mas sem gravidade. Os três foram atendidos no Pronto Socorro e passam bem.

Segundo a Polícia Militar de Sumaré, ainda na madrugada foram efetuadas duas prisões no Portal Bordon e os demais foram detidos no Jardim Basilicata. Em uma casa foram deflagrados tiros de fuzil e uma banana de dinamite foi atirada em direção aos policiais. O explosivo atingiu o asfalto e abriu um buraco de cerca de 30 cm.

Durante o cerco a uma residência na rua Armanda de Paula, foram disparados vários tiros em direção às viaturas. Foram acionados um helicóptero da PM e uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) para o transporte dos explosivos. Após quase uma hora de negociação, os suspeitos se renderam e foram levados ao 1º Distrito Policial.

A principio a acusação é de formação de quadrilha, porte ilegal de arma e resistência a prisão. Na casa ocupada pela quadrilha a polícia encontrou material explosivo não especificado, pavio, pé de cabra, quatro fuzis, duas carabinas, três veículos, quatro pistolas, sete coletes a prova de balas, celulares e uma quantia de dinheiro cujo valor não foi divulgado.

Jornal Midiamax