Polícia

Polícia deflagra megaoperação de combate ao tráfico de drogas e armas na fronteira

Operação teve início às 5h30 e homens visitam oito pontos na cidade

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 11h15

None

Operação teve início às 5h30 e homens visitam oito pontos na cidade

Desde as 5h30 desta sexta-feira (27), oito alvos de tráfico de drogas, foragidos da polícia e possíveis locais onde existem armamento estão sendo verificados por policiais de diversas forças, em uma megaoperação denominada “Fronteira Unida 2, na cidade de Ponta Porã, distante a 346 quilômetros da Capital, além de outras que fazem fronteira com o Paraguai e a Bolívia.


Segundo o delegado Odorico Mesquita, cada local visitado sai com três viaturas, com homens do DOF (Departamento de Operações da Fronteira), Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal e a Força Nacional. E, de acordo com o coronel Valter Rojas Godoy, serão cumpridos ao menos 30 mandados de busca e apreensão


“As equipes vão se reunir no final da manhã para realizar um balanço, mas já temos celulares, porções de maconha e outros objetos apreendidos, que estão sendo encaminhados para a 1ª D.P. (Delegacia de Polícia) da cidade”, explica o delegado Mesquita.

Nas rodovias, o Exército montou barreiras, com ações específicas em Ponta Porã, que faz limite com o Paraguai, e Corumbá, na fronteira com a Bolívia.

A coordenação da operação é da GGIF (Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira), pertencente a Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública). Ao todo, 1,7 mil homens trabalham na operação, sendo a maior já integrada em Mato Grosso do Sul, com finalização prevista para o domingo (29).

Jornal Midiamax