Polícia

Alimentação de presos em Corumbá custará R$ 4,7 milhões para cofres publicos de MS

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul) contratou a empresa Nutri e Saúde Refeições Coletivas Ltda para fornecer alimentação para os presos do município de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Segundo o extrato do contrato (cadastro 5/2012-AGEPEN), publicado nesta quarta-feira (7), a Nutri e Saúde vai […]

Arquivo Publicado em 07/03/2012, às 11h47

None

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul) contratou a empresa Nutri e Saúde Refeições Coletivas Ltda para fornecer alimentação para os presos do município de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande.


Segundo o extrato do contrato (cadastro 5/2012-AGEPEN), publicado nesta quarta-feira (7), a Nutri e Saúde vai receber pelos serviços R$ 4.774.638,00 (Quatro milhões, setecentos e setenta e quatro mil e seiscentos e trinta e oito reais).


Serão atendidos os detentos do Estabelecimento Penal de Corumbá de Segurança Média, Estabelecimento Penal Feminino “Carlos Alberto Jonas Giordano” de segurança média e Estabelecimento Penal de Regime Semiaberto, aberto e Assistência aos Albergados de Corumbá
de segurança mínima, todos sob administração da Agepen.


O contrato tem vigência de doze meses e Deusdete Souza de Oliveira Filho assina como ordenador de despesas. Não existe no extrato detalhes sobre o volume de refeições a ser entregue diariamente, nem sobre a quantia de presos que serão atendidos.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias