O comandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, o coronel Carlos Alberto Davi dos Santos, teve uma pasta com dinheiro e documentos furtada ontem à noite, na chácara Cachoeira, bairro nobre de Campo Grande.

Ele disse que estava no carro de um amigo, uma Hillux, com o qual visitava outro colega.

Na saída da casa, o comandante notou que a caminhonete estava com os vidros quebrados. Logo ele sentiu falta da pasta que costuma carregar seus documentos.

Ele disse ao Midiamax que além de documentos, guardava dinheiro na pasta, sem, contudo, revelar a quantia.

O comandante informou ainda que o desconhecido que furtou o veículo não foi localizado, mas a polícia já tem pista dele.