Polícia

Esposa já havia feito denúncias contra policial que a matou

Em uma das brigas do casal, o policial Lucas chegou a atirar contra Luciana Chaves Farias, de 34 anos, mas não a acertou

Arquivo Publicado em 30/01/2011, às 13h55

None

Em uma das brigas do casal, o policial Lucas chegou a atirar contra Luciana Chaves Farias, de 34 anos, mas não a acertou

O soldado da PM, Paulo César Lucas Batista, 42 anos, recebeu voz de prisão pelo assassinato da esposa e será transferido para o presídio militar ainda hoje (30).

Novas informações, relatam que a vítima já havia feito boletim de ocorrência contra o ex marido. Em uma das brigas do casal, o policial Lucas chegou a atirar contra Luciana, mas não a acertou.

O casal tem três filhas e estavam separados há cerca de duas semanas. A Polícia está apurando a morte de Luciana Chaves Farias, de 34 anos, e diz que irá se pronunciar, por meio de nota oficial, nesta tarde.

A versão do policial acusado do crime, diz que sua casa foi arrombada pela ex esposa durante esta madrugada, com o susto ele teria atirado no escuro e atingido Luciana no abdômen.

O delegado Higo Arakaki, explica que não foram encontrados sinais de arrombamento na porta da kitinet em que Lucas mora e o tiro teria acertado as costas da vítima, na altura do abdômen. Foram encontrados sinais de violência no corpo da vítima.

O corpo de Luciana foi encontrada do lado de fora da kitinet, junto com a cápsula da pistola .40, utilizada no crime. Ainda no local do fato, o policial teria comentado sobre vontade de suicidar-se.

Lucas foi quem acionou o Corpo de Bombeiros, porém Luciana morreu a caminho do Posto de Saúde da Coophavilla.

O Midiamax acompanha o caso.

Saiba mais sobre o caso em notícias relacionadas abaixo.

Jornal Midiamax