A Polícia Civil de Amambai prendeu na tarde dessa quinta-feira (26) o proprietário de um lava-jato situado do centro da cidade. Saturnino Venâncio da Silva, de 46 anos, que era residente em Caarapó, mas se mudou para Amambai onde passou a tocar o estabelecimento, figura como réu em um processo relacionado ao tráfico de drogas.

Ao ser preso na tarde dessa quinta em Amambai, Saturnino se disse surpreso com a acusação e nega ter tido qualquer envolvimento com o narcotráfico. Ainda na tarde de hoje, policiais civis de Dourados se deslocariam até Amambai para encaminhar o acusado para Dourados.

A prisão do comerciante é temporária de 30 dias, podendo ser prorrogada por um prazo de mais 30, segundo a polícia.