Polícia

TJ-MS libera nove presos da Operação Uragano, entre eles Maria Artuzi

Decisão do desembargador Dorival Moreira dos Santos, do Tribunal de Justiça (TJ-MS), libera na tarde desta sexta-feira (3) nove presos da Operação Uragano, entre eles a ex-primeira-dama de Dourados, Maria Artuzi. Ontem (2), o ex-prefeito Ari Artuzi (sem partido) já havia sido liberado do Presídio Federal depois de ter a prisão revogada pelo TJ-MS. Com […]

Arquivo Publicado em 03/12/2010, às 18h01

None

Decisão do desembargador Dorival Moreira dos Santos, do Tribunal de Justiça (TJ-MS), libera na tarde desta sexta-feira (3) nove presos da Operação Uragano, entre eles a ex-primeira-dama de Dourados, Maria Artuzi.


Ontem (2), o ex-prefeito Ari Artuzi (sem partido) já havia sido liberado do Presídio Federal depois de ter a prisão revogada pelo TJ-MS. Com isso, o prefeito perde o foro privilegiado e será julgado na comarca de Dourados. A mudança não interfere no teor dos processos que correm contra Artuzi.


Serão soltos a mando da justiça: o ex-procurador jurídico do município, Alziro Moreno; a ex-secretária de Administração, Tatiane Moreno; o ex-vice-prefeito Carlinhos Cantor; o ex-presidente da Câmara, Sidlei Alves; Cláudio Marcel Hall (ex-secretário de Serviços Urbanos), Humberto Teixeira (vereador), Edvaldo Moreira (vereador), Ignez Boschetti Medeiros (ex-secretária de Finanças). Os homens estavam na Penitenciária Harry Amorim Costa (PHAC), e as mulheres, no Presídio Semiaberto Feminino.


O grupo foi preso depois que a Polícia Federal desmantelou um suposto esquema de fraudes nas licitações em Dourados.


Por volta das 14 horas, familiares do prefeito Ari Artuzi estiveram na penitenciária feminina para visitar Maria Artuzi. A liberação dos detidos só deve acontecer quando mandado de soltura, expedido de Campo Grande, chegar a Dourados.

Jornal Midiamax