Polícia

PPS pede a cassação de oito vereadores de Dourados presos pela Uragano

O documento foi entregue no setor de protocolo da secretaria da Câmara de Vereadores pelo secretário-geral do PPS, Walter Benites Junior. Segundo ele o partido resolveu pedir a cassação dos vereadores indiciados pela Uragano por entender que a história política de Dourados precisa ser passada a limpo. O pedido de cassação agora deverá ser analisado […]

Arquivo Publicado em 03/12/2010, às 14h47

None

O documento foi entregue no setor de protocolo da secretaria da Câmara de Vereadores pelo secretário-geral do PPS, Walter Benites Junior. Segundo ele o partido resolveu pedir a cassação dos vereadores indiciados pela Uragano por entender que a história política de Dourados precisa ser passada a limpo.

O pedido de cassação agora deverá ser analisado pela mesa diretora da Câmara e, possivelmente, serão criadas oito comissões processantes para investigar as denuncias por quebra de decoro parlamentar e poderá culminar com as cassações dos envolvidos.

O PPS pediu a cassação dos vereadores Aurélio Bonato (PDT), Marcelo Barros (DEM), José Carlos Cimatti (PSB), Paulo Henrique Bambu (DEM), Zezinho da Farmácia (PSDB), Marcelo Hall (PR), Junior Teixeira (PDT) e Tio Julio Artuzi (PRB).

O PPS conta atualmente com um vereador na Câmara Municipal que é o professor de matemática Walter Ribeiro Hora que assumiu o cargo já que era o suplente do vereador Zezinho da Farmácia.

Jornal Midiamax