Polícia

Polícia boliviana devolve carro que teve a chave clonada

Em ronda pela no povoado de Motacucitos e os policiais encontraram o veículo abandonado em uma fazenda

Arquivo Publicado em 27/01/2010, às 12h54

None

Em ronda pela no povoado de Motacucitos e os policiais encontraram o veículo abandonado em uma fazenda

A Polícia boliviana recuperou e entregou nesta terça-feira, 26 de janeiro, o veículo Kadett da brasileira Aparecida Donizeti que havia sido furtado no último dia 05, em Corumbá e levado para o lado boliviano da fronteira. A devolução do carro foi feita por policiais do Departamento de Investigação e Combate ao Roubo de Veículos (Diprove) no Posto Esdras, no lado brasileiro da fronteira. A Polícia Militar acompanhou a entrega.

“Na madrugada desta terça, policiais do Diprove estavam em ronda pela localidade de Motacucitos (pequeno povoado dentro dos limites da cidade de Puerto Suarez) e encontraram o veículo abandonado em uma fazenda, possivelmente à espera para ser levado para Santa Cruz de La Sierra. Ninguém foi preso.

O Diprove está investigando com objetivo de prender os ladrões. Há dez dias assumimos a responsabilidade deste Departamento e espero que seja a primeira de muitas ações conjuntas com a Polícia Militar de Corumbá”, disse em entrevista a este Diário, o capitão Angel Morales, diretor provincial do Diprove de Puerto Suarez. O carro tinha sido furtado no dia 05 de janeiro deste ano, logo após a proprietária chegar em casa. “Notamos que o veículo não foi arrombado, fizeram uma cópia da chave, como podemos constatar na entrega. Não há indícios de arrombamento e poucos danos materiais. A vítima terá apenas que trocar o miolo da chave e tomar as providências cabíveis de regularização”, informou o comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Nelson Antônio da Silva.

O Kadett foi entregue à proprietária em boas condições, sem arranhões ou amassados. As placas de identificação foram retiradas. Também foram levados o rádio e alguns CDs. “Fiquei muito feliz em resgatar meu veículo. No dia fiquei transtornada, pois foi questão de menos de uma hora, deixei o carro, fui à minha casa e quando voltei havia sumido. Fui até a Polícia e registrei o boletim de ocorrência, mas não fiquei satisfeita e vim até a Polícia da Bolívia, cheguei a ir até Puerto Suarez, não cansei de procurar. Mas nesses últimos dias minha esperança estava se esgotando, até que a Polícia Militar entrou em contato comigo e me disse que haviam encontrado meu carro. Fiquei pasma agora ao saber que minhas chaves foram clonadas, pois nunca emprestei o carro para ninguém. Não tenho ideia de quem possa ter feito isto”, disse emocionada a proprietária do veículo, Aparecida Donizeti, 47 anos.

“Reforçamos à população que se atenha aos cuidados com os veículos. Para que procurem estacioná-los em local visível, coloquem alarmes. Veículos com alarmes têm menores probabilidades de roubos, pois eles afugentam o ladrão, que acaba deixando o veículo e não prossegue com o roubo. Esperamos que com o capitão Morales que assumiu o Diprove, possamos estreitar ainda mais este laço de trabalho conjunto entre as Polícias. O que foi realizado hoje, com certeza é um fruto desta parceria, com as Polícias Civil e Militar”, disse o comandante do 6º Batalhão.

Jornal Midiamax